sábado, 15 de julho de 2017

Concertos de Eva na Casa Museu Eva Klabin- Edição Julho 2017

 Sonia Rubinsky na Wikipedia

Biografia

"É filha de Zilda Kaplan Rubinsky, professora de Língua Portuguesa e Latim, e de Samuel Rubinsky, professor de Física

Iniciou seus estudos de piano no Brasil, ainda pequena. Quando criança participou da formação do Quinteto Rubinsky, com os irmãos Fanny, Neide, Lilian e Ismael, chegando a gravar um disco.

 Aos doze anos, tocou com as orquestras Sinfônica de Campinas e do Teatro Municipal de São Paulo.

A partir de 1972, continuou seus estudos em Israel, na Academia de Música Rubin, onde completou o bacharelado. Em 1979, foi para os Estados Unidos, onde cursou o mestrado e obteve o seu PhD em Piano Performance pela renomada Juilliard School, de Nova York.

Em 2002, casada com o matemático Stéphane Mallat, muda-se para a França, onde prossegue sua carreira de concertista, apresentando-se na Europa (Roma, Amsterdam, Paris), nos Estados Unidos (Nova York, Boston, Chicago, Los Angeles), Canadá (Toronto), em Israel (Tel-Aviv) e no Uruguai (Montevidéu). No Brasil, tem se apresentado com a Orquestra Sinfônica doTeatro Municipal do Rio de Janeiro e de São Paulo, com a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, com a OSUSP Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo e a Orquestra Sinfônica de Campinas.

Entre os prêmios recebidos estão o de "Melhor Recitalista do Ano", pela Associação Paulista de Críticos de Arte, o William Petschek Award da Juilliard School e o primeiro prêmio no concurso Artists International, ambos em Nova York.
Gravou a obra completa para piano de Villa-Lobos (8 volumes) pela gravadora Naxos.

 O volume I foi indicado para o Grammy e também foi escolhido pela revista Gramophone um dos cinco melhores lançamentos de 1999. O volume V foi selecionado pela Gramophone como um dos dez melhores lançamentos de outubro de 2006. Sonia Rubinsky gravou também obras de John Adams, Debussy, Messiaen, Jorge Liderman e Mozart.

Sonia Rubinsky ganhou o Prêmio Carlos Gomes de "Pianista do Ano" em 2006 e "Instrumentista do Ano de 2009".
Em 2008, lançou no Brasil, pela Algol Editora, as sonatas de Domenico Scarlatti.
Atualmente,  vive em Paris
A artista se apresenta como solista, mas desenvolve também o trabalho de "Artista em Residência no Edward Aldwell Center e desenvolve o Villa-Lobos Project em parceria com a maestrina Simone Menezes e diversos artistas de todo o mundo."

Nenhum comentário: